DOR DE ESTÔMAGO, GASTRITE OU ÚLCERA?

Visualizações: 242

 

            Uma simples dor no estômago, se não tratada no início do sintoma, pode evoluir e transformar o quadro em uma úlcera gástrica ou duodenal. Caracterizada por uma inflamação ou lesão aberta na mucosa do estômago ou duodeno, a úlcera se desenvolve a partir da produção de ácido clorídrico para a digestão dos alimentos. Com esse procedimento, o órgão passa a concentrar uma acidez acima do normal e pode lesionar as paredes do estômago ou do duodeno.

            Na maioria dos casos a úlcera se manifesta através de muita queimação, dores abdominais, enjoos, náuseas e vômitos. Nestas condições, é importante a realização de uma endoscopia digestiva alta, não somente para identificar o que está provocando o quadro, mas, principalmente, para afastar a possibilidade de se tratar de um câncer gástrico, uma vez que os sintomas são parecidos. Estima-se que para os próximos anos surjam aproximadamente 22 mil novos casos de câncer no estômago, segundo dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer).

"O hábito de comer de forma irregular e com abuso de condimentos, o uso do cigarro, álcool e café em excesso, uma gastrite mal cuidada, são alguns indícios para um quadro de evolução de úlcera. Porém, a doença também pode ser desencadeada através da bactéria Helicobacter, e por meio do constante uso de anti-inflamatórios e aspirina para dor", explica Mounib Tacla, gastroenterologista.

Diagnóstico e tratamento

           Por meio de uma endoscopia digestiva é possível detectar a inflamação e tratar a tempo com uma medicação adequada. O exame é realizado com sedação leve e é feita uma biópsia, para retirar uma amostra de tecido para análise e pesquisa da bactéria Helicobacter, sendo todo o procedimento indolor.

           Quase sempre o tratamento é feito com medicação, mas é importante aliar a isso uma mudança do estilo de vida, com redução do "stress", parar de fumar, reduzir o álcool e o café, além de cuidados com a alimentação. "Geralmente quem adquire úlcera não tem uma rotina alimentar saudável, portanto, é imprescindível para o sucesso do tratamento a inclusão de hábitos saudáveis e o abandono dos antigos costumes", orienta Dr. Tacla.

            Para não sofrer desse terrível mal o especialista indica alguns modos de prevenir a doença, mas se a dor for constante, procure um médico especialista o mais rápido possível e conclua o tratamento especificado para o caso:

- Fazer cinco refeições por dia, reduzindo a quantidade;

- Evitar frituras e alimentos com muito condimento;

- Evitar refrigerantes e bebidas alcoólicas;

- Parar de fumar;

- Fazer refeições leves à noite;

- Evitar bebidas que contém cafeína;

- Incluir na alimentação frutas, mas evitar as ácidas;

- Incluir na alimentação verduras e legumes;

Fonte: www.minhavida.com.br

 

LIQUID NANO CURCUMIN OIC – LNCO é suplemento alimentar que apoia tratamento as  doenças de estômago. Você só precisa de usar 3 a 5 garrafa LNCO vai ficar maralhoso como as pessoas normais.

            Este produto está em forma de líquido, bem solúvel em água, beber fácilmente, e seu corpo pode absorver tudos os nutrientes de curcumina. Além disso, O produto pode ser aplicado à superfície da pele da cara para beleza ou aplicado à escapa para escurecer e craquelé de pele.

 

Endereço da Empresa

No 09 BT2  Península Linh Dam, Bairro Hoang Liet, Distrito Hoang Mai, Cidade Hanói, Vietnã.

Localização de Negócios: EDIFÍCIO COMÉRCIAL  DE NHAT HAI NEW TECHNOLOGY JOINT STOCK COMPANY –  No 66 Trung Hoa, Distrito Cau Giay, Cidade Hanói, Vietnã.

OIC Nano Tecnologia R&D: Rua C*, Zona Alta tecnologia Hoa Lac, Tan Xa, Distrito Thach That, Hanói, Vietnã

Tel:        (+84) 914 688 787 / (+84) 932 649 168     Hotline: (+84) 914 888 062

E-mail: oicnghianb@oic.com.vn

Facebook: https://www.facebook.com/liquidnanocurcumin/

 

DOENÇAS DE ESTÔMAGO
upload/files/foto_medium.jpg

CONSELHOS E REMÉDIOS NATURAIS PARA TRATAR O REFLUXO GÁSTRICO

Ngày đăng:22/12/2017 / 121 người xem

No entanto, quando o esfíncter está fraco ou relaxa de forma inapropriada, os sucos gástricos do estômago podem voltar para o esôfago, provocando assim o refluxo gastroesofágico.
MULHERES PÓS-PARTO
upload/files/thinkstockphotos-100721344.jpg

BARRIGA DE GRÁVIDA: EM QUANTO TEMPO ELA VOLTA AO NORMAL APÓS O PARTO?

Ngày đăng:31/08/2017 / 125 người xem

Se você acabou de ter um bebê e já está preocupada em nunca mais caber naquela calça jeans dos tempos de solteira, muita calma nessa hora!

Dúvidas